Desenvolver um e-commerce para sua empresa sem traçar estratégias de SEO é algo impensável nos dias hoje. Isso porque a Internet está “super povoada”, com milhões e milhões de novas páginas sendo criadas diariamente. Ser notado em meio a tantas opções se faz necessário, e é justamente para este fim que a Search Engine Optimization existe.

Apenas para contextualizar quem ainda não conhece, SEO (ou otimização para mecanismos de busca, numa tradução livre) é o conjunto de técnicas de otimização para lojas virtuais, sites, blogs e mais páginas na web, que visam alcançar de maneira orgânica posições satisfatórias em buscadores, gerando maior tráfego, visibilidade e vendas.

Resumindo, de nada adianta seu e-commerce ser fantástico, com design arrojado, preços imbatíveis e excelência em atendimento, se ninguém o visita. É justamente nisso que a Otimização para Buscadores (SEO) age. Para dar o pontapé inicial nessas estratégias, traremos cinco dicas essenciais de SEO para lojas virtuais.

Vamos a elas?

 

1- Clareza nas descrições dos produtos

Imagine que você está vendendo um aspirador de pó e, ao anunciá-lo em sua loja virtual, você apenas descreve a cor e finaliza com a promessa de que ele será “o novo aliado na limpeza do seu lar”. Ok, você criou um slogan bacana, mas será que não estão faltando informações importantes nessa descrição?

Qual a voltagem? Quais os tipos de mangueiras que acompanham o produto? Que tipo de material pode ser aspirado? Como deve ser feita a higienização pós-uso? Qual a garantia? Qual a marca? Enfim, você percebe como a clareza e a plenitude de informações faz toda a diferença? O Google adora páginas bem completas e a riqueza está justamente nos detalhes.

Quando for anunciar um produto, pense em todas as características relevantes e que poderão impactar a decisão de compra de seu público, como formato, cor, marca, voltagem, tamanho, função, cuidados gerais, e as insira na descrição do produto. Tome cuidado, entretanto, para não exagerar e incluir informações desnecessárias no anúncio. Além de cansar seu cliente, não é uma boa prática de SEO para e-commerce.

Além da descrição, já escrevemos também um artigo que fala sobre dicas que envolvem a URL, o Título do Produto e as Meta Tags, que são muito importantes para o Google. Confira o artigo: 3 Excelentes Dicas de SEO para lojas virtuais.

2- Desenvolva descrições autorais para os produtos

Às vezes, somos tentados a optar pelo caminho mais fácil. Boa parte dos produtos que são comercializados em lojas virtuais chegam de seus respectivos fornecedores com descrições muito bem construídas, o que incita algumas empresas a praticarem o ctrl c + ctrl v, ou seja, copiar o texto do fornecedor e colocá-lo como a descrição do produto na loja virtual.

Os mecanismos dos buscadores são capazes de identificar quando um conteúdo é copiado de outra fonte e caracteriza isso como plágio, o que colabora para a queda da posição do e-commerce no ranking da busca – e isso pode acontecer mesmo quando altera-se algumas palavras com o intuito de despistar qualquer indício de cópia descarada. Basicamente, se não deu certo com o seu professor quando você copiou o trabalho do seu amigo, não dará certo com o Google. Crie descrições do zero, com dois ou três parágrafos contendo as principais características do produto.

 

3- Escolha plataformas otimizadas para SEO

Já falamos isso em outra oportunidade no artigo Como escolher uma boa Plataforma de E-commerce, mas é importante reforçar aqui: você precisará hospedar sua loja virtual em uma plataforma, seja ela aberta (open source) ou proprietária. Independente da sua escolha, é importante confirmar o quão alinhada a plataforma está com SEO – e isso pode ser feito com a ajuda de uma boa agência de marketing digital, ou através de publicações de sites especializados nesse segmento.

Plataformas otimizadas para SEO, como o Magento, trabalham com diversas funcionalidades, como as tags, que permitem uma melhor navegação pelos mecanismos do Google e a indexação de mais conteúdo relevante. Encare isso como “facilitar o caminho” para que os buscadores trafeguem pelo seu e-commerce e descubram todos os valores nele inseridos.

4- Escreva textos para pessoas, não para robôs

O marketing de conteúdo tem sido cada vez mais utilizado para o desenvolvimento de SEO para e-commerce. Através dele, você fala sobre o segmento que está inserido, faz publicações de divulgação ou que gerem engajamento e, com isso, atrai uma audiência maior.

Muitos aliam o marketing de conteúdo aos “robôs” do Google, visto que eles são os responsáveis pelas análises dos sites e a definição de qual deles aparecerá no topo das buscas. Logo, a pessoa para a desenvolver os textos pensando no que o robô gostaria de ver ali… E este é um erro grave.

O robô sabe que quem consumirá o conteúdo da loja virtual serão pessoas… Logo, tudo que nela está deve ser criado para pessoas. Falando de maneira um pouco mais técnica, os buscadores possuem mecanismos que identificam quando uma estratégia está sendo usada de maneira exagerada e consciente, e penaliza a página que faz isso.

Logo, se você vende celulares e vai fazer um texto sobre um novo modelo da Xiaomi, não se preocupe em ficar repetindo o nome do celular de maneira incessante porque “o Google gosta”. Isso poderá custar toda a estratégia de SEO para sua loja virtual.

Um bom exemplo do que estamos falando aqui é essa publicação que você está lendo. O intuito dela é o desenvolvimento de SEO para a página da Agência SOFT, com base no marketing digital e utilizando estratégias de otimização. E, ciente disso, você consegue identificar qual a palavra-chave que tentamos movimentar aqui?!

Pois é… Fizemos nossa lição de casa! 😉

 

5- Preocupe-se com o carregamento da página

Isso serve tanto para a boa experiência de seu público como para SEO: certifique-se de que sua página carrega rapidamente. Sites lentos são um sinônimo de má experiência de navegação, e o Google sabe disso. Logo, sua loja virtual não será promovida para as primeiras posições do ranking se demorar muito para carregar.

Aqui, a escolha da hospedagem ideal faz toda a diferença. Pense no peso (em bytes mesmo) que o conteúdo de sua página terá, e opte pela hospedagem que conseguirá aguentar esse tráfego de informação. Além disso, alie a plataforma à hospedagem escolhida, cheque algumas referências e cruze-as, para que você não tenha nenhuma surpresa desagradável no decorrer do caminho.

Parece fácil, não é? Mas o trabalho de SEO para lojas virtuais é desenvolvido diariamente, a partir de cada nova estratégia que é traçada pela empresa e pela agência que a assessora. Logo, lembre-se sempre da otimização dos mecanismos de buscadores quando for criar ou alterar algum elemento de seu e-commerce. O Google vai agradecer e, com o tempo, você também.

Leia Também

Artigo escrito pelo editor de conteúdo da Agência SOFT, Marcus Colz.

As imagens incluídas neste artigo são de autoria de Mitchell Luo, deanna alys, Austin Distel e chuttersnap e estão disponíveis via Unsplash.


Carlos Zamora

Quase 20 anos de experiência em web e 15 anos de experiência em e-commerce, com foco em Magento (desde 2008) e WooCommerce (Wordpress). Mais de 10 anos de experiência de trabalho diário com SEO.

Ex-palestrante do UOL, especialista na IBM, Banco Real, ABN Amro, Santander e HostDime.com Inc. (EUA) | Trabalha na Agência SOFT a partir de Nelas, Portugal.

Whatsapp: (11) 3280-1920

Todos os posts deste Autor
Agência SOFT

A Agência SOFT é especialista em lojas virtuais na plataforma Magento 1º de Setembro de 2010. Somos orgulhosos por termos dado vida, otimizado e acompanhado o sucesso de mais de 700 projetos de e-commerce nestes anos!

Contatos

comercial@agenciasoft.com.br
Telefone: (11) 3230-1976
Alternativo: (11) 3042-1306
Whatsapp (Carlos Zamora): (16) 99621-6309

© 2010 – 2021 – Agência SOFT Tecnologia Ltda. – Todos os direitos reservados
Brasil – Endereço Fiscal: Rua Dezenove de Maio, 204, São Paulo – SP | CEP: 03648-080
CNPJ: 17.270.516/0001-59
Diretores Responsáveis
: Carlos Zamora e Marcela Felix
Portugal: Praça do Município, Edifício Multisserviços – Nelas – 3520-059
A Agência SOFT é uma empresa orgulhosamente brasileira , com atuação 100% digital e atende apenas o mercado nacional brasileiro. Para maiores informações, entre em contato conosco.

Privacy Preference Center