Melhorar as vendas: esse é um objetivo que todos buscam. Seja a loja virtual com queda na receita ou o e-commerce que está com ótimo desempenho em vendas, qualquer empresa quer vender mais.

Vender mais pode significar expandir uma empresa para outros níveis ou simplesmente a segurança financeira que todos buscam, ainda mais em tempos de pandemia. Mas, com a concorrência e as mudanças dos hábitos de compra do consumidor, como garantir isso?

Sem dúvida, campo para ser explorado existe; segundo relatório da Ebit/Nielsen visto na reportagem da revista Exame, as vendas pela Internet aumentaram 47% no primeiro semestre de 2020. São mais de 40 milhões de usuários ativos no e-commerce, com um ticket médio de mais de R$ 400,00.

Conheça nessa publicação o que toda loja virtual precisa buscar para melhorar as vendas e surfar na onda do aumento das vendas online.

Experiência de navegação e o desempenho do site

Se você quer mais faturamento, deve esperar por mais compras e mais visitas. Seu site deve estar pronto, sobretudo, para receber mais tráfego e apresentar uma boa experiência ao usuário. Isso significa, por exemplo:

  • Carregar de forma adequada e ágil todas as páginas visitadas;
  • Possuir um ambiente organizado, com informações fáceis de acessar;
  • Ter imagens de alta qualidade, principalmente para produtos e serviços;
  • Garantir a segurança dos seus usuários, bem como dos seus dados.

Para melhorar as vendas da sua loja virtual, é preciso que os clientes confiem no seu site, tanto para os dados sensíveis como para as compras em geral.

Sendo assim, garanta que os produtos ou serviços sejam de qualidade, e que essas informações cheguem ao seu cliente com clareza.

Fique atento à concorrência!

Você oferece as melhores condições para seus clientes? Como as outras empresas do seu segmento atendem o público e oferecem seus produtos e serviços? A que preço? Quais as condições de pagamento? Entregam? Oferecem frete gratuito?

Se você quiser melhorar as vendas de sua loja virtual, deve pensar em um diferencial para seu consumidor. Por que ele deve comprar com você, se outra loja traz condições mais vantajosas?

Fique de olho na concorrência e esteja um passo a frente sempre!

Marketplace: uma forma de melhorar as vendas!

Uma boa alternativa para melhorar as vendas de sua loja virtual é colocar seus produtos em marketplaces. Os marketplaces são lojas virtuais que concentram diversos ecommerces dos mais variados portes.

Apropriado até para vendedores independentes e sem muita estrutura, os marketplaces são considerados verdadeiras vitrines para empresas menores.

Existem várias opções de marketplaces. Por exemplo: Uber, AirBnB, Amazon, NetShoes, iFood e as lojas de departamento pertencentes aos grupos Via Varejo e B2W.

É preciso se atentar apenas às condições do marketplace e se elas são vantajosas para sua realidade. Sendo assim, se a intenção é melhorar as vendas, não adianta integrar um marketplace para perder dinheiro.

Seu e-commerce é responsivo?

Antes de tudo, um dado importante: o acesso à Internet pelo celular é exclusivo em celulares para 59% dos brasileiros, segundo pesquisa da TIC Domicílios. Isso significa que uma grande parcela dos clientes compra usando apenas o celular.

Imagine se a sua loja virtual não é responsiva? Dessa forma, a página carrega parcialmente e prejudica a visualização dos produtos, serviços e demais informações.

Se o cliente deixa de acessar uma página pela demora no carregamento, imagine se o enquadramento do conteúdo for confuso e de difícil visualização? Sem dúvida, o cliente abandonará o site imediatamente.

Lembre-se: são quase 170 milhões de celulares no Brasil. Pense no usuário de dispositivo móvel e torne sua loja virtual responsiva.

SEO: a chave para melhorar as vendas de lojas virtuais.

SEO é um conjunto de estratégias voltadas, sobretudo, para melhorar o posicionamento de sites nas pesquisas feitas em buscadores, como o Google. Como ser notado é fundamental para vender mais, fica óbvio que trabalhar o SEO de sua loja virtual é necessário.

Mas como fazemos isso? Nos aprofundamos nesse tema aqui, mas temos algumas dicas gerais também. Por exemplo:

  • Navegação ágil em qualquer dispositivo.
  • Primordialmente imagens de qualidade.
  • Conteúdo autoral, seja para blogs ou para descrever produtos e serviços.
  • Landing pages com Call To Actions satisfatórias.
  • Uso adequado de palavras-chaves.

Em linhas gerais, seu site é recompensado por trazer conteúdo de valor para seu público. Isso inclui desde a experiência de navegação bem como as informações coletadas no site. Nada de conteúdo plagiado, nem mesmo uma simples descrição de produto!

Atenção ao abandono de carrinho!

Se um cliente entrou em sua loja virtual, se cadastrou, fez todo o processo de compra e desistiu no último minuto, o que pode ter acontecido?

Fazer essa pergunta é muito importante para adequar-se ao que seu público espera e, de antemão, oferecer a ele sempre o melhor.

São diversos os motivos para abandono de carrinho. Entre os mais comuns, por exemplo:

  • Processo de checkout confuso ou longo;
  • Informações confusas ou desencontradas;
  • Necessidade de cadastro ou processo complexo de cadastro;
  • Custos extras que são especificados apenas no final;
  • Problemas com formas de pagamento;
  • Incompatibilidade com dispositivos móveis.

Trabalhe nesses pontos e complemente com a leitura dessa publicação para ter um planejamento satisfatório e, com isso, evitar os abandonos de carrinhos.

Redes sociais: elas ajudam a melhorar as vendas!

Primeiramente, redes sociais permitem maior proximidade com público e identificação de oportunidades. Além disso, sistemas integrados à redes sociais permitem cadastros utilizado os dados de uma determinada rede social, como o Facebook.

Isso, por si só, já é um alívio. Aliás, sabemos que você já se sentiu aliviado quando percebeu que poderia fazer login com o Facebook e não precisaria fazer um longo cadastro apenas para fazer uma compra.

Mas, voltando ao relacionamento com o público, as redes sociais permitem que você escute seu consumidor e tenha uma relação próxima com ele.

Além disso, ações de marketing são fundamentais para melhorar as vendas, e elas podem ser desenvolvidas nas redes sociais.

Você pode, além disso, divulgar novos blogs em redes sociais. Isso ajuda no alcance da publicação e é bem visto pelos robôs do Google, ou seja, melhora de SEO.

Marketing, canais de atendimento e facilidade no cadastro: se você ainda não usa as redes sociais para melhorar as vendas da sua loja virtual, está perdendo tempo.

Você conhece outras estratégias para melhorar as vendas de lojas virtuais? Já colocou em prática algumas das dicas que compartilhamos aqui? Participe através da seção de comentários!

 


Carlos Zamora

Quase 20 anos de experiência em web e 15 anos de experiência em e-commerce, com foco em Magento (desde 2008) e WooCommerce (Wordpress). Mais de 10 anos de experiência de trabalho diário com SEO.

Ex-palestrante do UOL, especialista na IBM, Banco Real, ABN Amro, Santander e HostDime.com Inc. (EUA) | Trabalha na Agência SOFT a partir de Nelas, Portugal.

Whatsapp: (11) 3280-1920

Todos os posts deste Autor
Agência SOFT

A Agência SOFT é especialista em lojas virtuais na plataforma Magento 1º de Setembro de 2010. Somos orgulhosos por termos dado vida, otimizado e acompanhado o sucesso de mais de 700 projetos de e-commerce nestes anos!

Contatos

[email protected]
Telefone: (11) 3230-1976
Alternativo: (11) 3042-1306
Whatsapp (Carlos Zamora): (16) 99621-6309

© 2010 – 2021 – Agência SOFT Tecnologia Ltda. – Todos os direitos reservados
Brasil – Endereço Fiscal: Rua Dezenove de Maio, 204, São Paulo – SP | CEP: 03648-080
CNPJ: 17.270.516/0001-59
Diretores Responsáveis
: Carlos Zamora e Marcela Felix
Portugal: Praça do Município, Edifício Multisserviços – Nelas – 3520-059
A Agência SOFT é uma empresa orgulhosamente brasileira , com atuação 100% digital e atende apenas o mercado nacional brasileiro. Para maiores informações, entre em contato conosco.

Privacy Preference Center