Antes de criar campanhas de marketing e começar a atrair público para a sua loja virtual, você deve se perguntar, deixando de lado qualquer tipo de sentimentalismo em relação ao seu negócio: “Se eu fosse um cliente que não tem muitas informações sobre os produtos que a minha loja virtual vende, eu teria interesse ou sentiria confiança em comprar os produtos expostos?”.

Se a resposta for “NÃO”, não se desespere, vou te ajudar!

Faça uma navegação profunda na sua loja virtual ou convide um amigo ou familiar para te ajudar. Abra a sua loja virtual no computador ou smartphone e faça os exercícios abaixo:

  • Há um telefone de contato visível logo no primeiro acesso (no cabeçalho, por exemplo)? Você deve mostrar às pessoas que estará disponível para atendê-las caso tenham alguma dificuldade. Lembre-se que o telefone deve estar no cabeçalho para que apareça em todas as páginas, afinal nas suas campanhas de marketing online ou mesmo nos resultados de busca do Google as pessoas entrarão, na maioria das vezes, diretamente nas páginas dos produtos.
  • O campo de busca é de fácil visualização? Se a pessoa não encontrar o produto que deseja logo de cara e a organização das categorias não satisfazer imediatamente a necessidade do consumidor, o campo de busca será utilizado. Ele está visível? O resultado da busca é preciso em relação aos produtos buscados?
  • O menu está bem organizado? Se você estivesse buscando um produto específico, conseguiria localizá-lo facilmente dentre os menus e submenus que você tem na sua sua loja virtual atualmente? A organização dos menus é importante para orientar a navegação dos clientes. Deve-se pensar nos menus da loja virtual como nos corredores de um varejista, com boa organização de departamentos e produtos que tenham relação direta entre si.
  • As imagens ou banners são de boa qualidade? Se a sua loja virtual possui o slideshow (que troca as imagens automaticamente na Home) ou banners promocionais, eles foram criados com a mesma qualidade artística que o layout da sua loja virtual? Eles passam confiança aos clientes finais? Banners ou imagens mal projetados podem jogar por água um possível alto investimento que você tenha feito no layout e criação da sua loja virtual.
  • Os produtos possuem fotos de boa qualidade? É possível identificar qual tipo de produto é ou ter ideia das suas características principais através da foto? As fotos são fundamentais para instigar o cliente e criar a percepção de qualidade do produto. Lembre-se que no e-commerce não temos o produto em mãos para atestar a sua qualidade.
  • O CNPJ da sua empresa e o endereço estão visíveis no rodapé da sua loja virtual? Além de ser uma questão legal, a  exibição do CNPJ e o endereço da empresa são fundamentais para mostrar ao seu cliente que a sua loja virtual, apesar de ser eletrônica, digital, é tangível. É uma empresa legalmente constituída com capacidade de responder ao cliente sobre possíveis problemas ou dificuldades que este encontre.
  • As opções de pagamento, parcelamento e desconto em métodos de pagamento à vista estão à mostra? Se você dá um desconto para pagamento no boleto bancário / depósito bancário ou se permite o parcelamento no cartão de crédito sem juros, o valor (com desconto ou parcelado) é demonstrado para os clientes? A exibição destes valores deve estar bem clara na loja virtual, seja na página do produto ou mesmo na listagem de categorias e pesquisa.
  • As descrições dos produtos são claras e objetivas para tirar as dúvidas dos seus clientes? As fotos dos produtos são excelentes, mas descrições pobres podem prejudicar a suas vendas. Elabore descrições mais detalhadas, com mais informações técnicas dos produtos, bem como as dimensões, peso, características e outras informações fundamentais para que os clientes possam identificar todos os detalhes possíveis da mercadoria.
  • É possível simular o frete na página do produto antes de colocá-lo no carrinho de compras? Os clientes devem poder simular o valor do frete do produto antes de colocá-lo no carrinho de compras. Se a sua loja virtual não conta com esta funcionalidade, você pode estar perdendo muitos proponentes compradores. Há clientes um pouco mais leigos ou não tão habituados às compras online que pensam que ao adicionar um produto no carrinho de compras o mesmo já será cobrado.
  • Tire as barreiras do processo de fechamento da compra – Pop-ups que aparecem no carrinho de compras, botões de “Compra” opacos e confusos. Existência de vários elementos que se rotacionam ou piscam na tela na página do produto, carrinho de compras e fechamento da compra. Estas experiências acima são convidativas para você perder muitas conversões, perder muitas vendas. Deixe o processo de checkout o mais limpo (“clean”) possível.
  • As formas de pagamento que você aceita na sua loja virtual são confiáveis? Sempre recomendo para novos lojistas a adoção de (intermediadores de pagamento como o PagSeguro) que, além de facilitarem a automação do processo de pagamento, também servem com bons transferidores de credibilidade no seu e-commerce. Eu posso não conhecer e não confiar na sua marca, mas sabendo que você aceita o PagSeguro, me sinto mais tranquilo em comprar na sua loja virtual.
  • A sua loja virtual é segura? Este é um ponto mais profundo e tem várias nuances, mas a principal e mais visível: A sua loja virtual possui o Certificado Digital, o famoso HTTPS:// no endereço? Mesmo que este endereço seja apenas carregado em páginas com formulários*, é fundamental tê-lo em seu e-commerce. Se você aceita pagamentos por cartão de crédito (que são digitados na sua loja virtual) e não tem o HTTPS:// a sua loja virtual está correndo sérios riscos de segurança.

* A minha recomendação técnica é que você use o HTTPS:// em toda a sua loja virtual. O Google tem otimizado o posicionamento de lojas virtuais e sites seguros nos seus resultados de busca.

Responder estas questões e corrigir estes elementos é o primeiro passo para que a sua loja virtual comece a vender mais. Você pode criar campanhas de marketing, otimizar o SEO da loja virtual, ter uma estrutura de hospedagem premium e uma plataforma de ponta, mas as suas vendas serão muito menores se você não se ater a estes pontos.

E são pontos simples, básicos, uma lição de casa que todo lojista pode fazer. Com os resultados em mãos, converse com a empresa que fez o desenvolvimento da sua loja virtual e veja a possibilidade de corrigir estes pontos. Caso não seja possível, converse conosco na Agência SOFT e teremos o maior prazer em atender o seu projeto de e-commmerce!

Agora que a loja virtual já está com uma usabilidade otimizada, vamos partir para a segunda etapa: Preparando a sua Loja Virtual para ser bem vista pelo Google – SEO para E-commerce

 

Créditos da foto: https://searchengineland.com