O Google lançou recentemente uma atualização que penaliza sites ou lojas virtuais que não tenham todo o seu conteúdo exibido para os clientes de forma segura, ou seja, com a utilização de um Certificado SSL.

O Certificado SSL é o responsável por deixar a sua loja virtual com um cadeado no endereço e é caracterizado pela existência do https:// no seu endereço.

Atualmente, a maioria das plataformas de hospedagem – principalmente aquelas que utilizam o painel de controle cPanel – fornecem um Certificado SSL gratuito, de renovação automática, sem custos adicionais. Este Certificado SSL (de um movimento chamado Let’s Encrypt) já é suficiente para que a sua loja virtual seja bem-vista pelo Google.

O que é SSL para loja virtual?

O SSL nasceu de uma demanda: Fazer com que todos os dados digitados em formulários de sites ou lojas virtuais seja criptografado e só possa ser visualizado e compreendido pelo destinatário final. Isto vale para formulários de contato, até formulários que captam informações sensíveis, como cartões de crédito, informações pessoais, dados de contato, etc.

O SSL é obrigatório no carrinho de compras de lojas virtuais, principalmente quando informações sigilosas dos clientes são solicitadas. Adquirentes como o PagSeguro (em sua modalidade transparente), Cielo, Rede e outros, exigem a utilização de um Certificado SSL no checkout da sua loja virtual.

Apesar disto, a minha recomendação técnica com base em mais de 15 anos de experiência em web é: Para que o Google otimize sua loja virtual nos resultados de buscas, deixe o Certificado SSL (HTTPS://) ativado em toda a sua loja virtual, não apenas no checkout.

Certificado SSL também é SEO

A maioria das lojas virtuais de pequeno e médio porte no Brasil ainda não aderiram a esta nova atualização do Google. Ter a sua loja virtual configurada com um Certificado SSL é estar a frente de muitos dos seus concorrentes diretos!

Fale com a empresa que criou a sua loja virtual ou com sua plataforma de hospedagem e ative o quanto antes o seu Certificado SSL.

Mas atenção: É necessário que você tenha acesso ao Google Search Console (antigo Webmaster Tools) para comunicar ao Google sobre a sua mudança de endereço (com a inclusão do Https) para que você não perca nenhum acesso.

Também vale uma dica adicional: Cogite a possibilidade de fazer um redirecionamento permanente das URLs anteriores http:// para as URLs novas com https://, comunicando ao Google este direcionamento.

Caso você não tenha conhecimento, recomendamos que fale com a empresa que criou a sua loja virtual ou conheça os serviços de Consultoria de SEO da Agência SOFT.

Crédito da imagem: Lynda.com