Este é o terceiro capítulo da nossa saga: Como Aumentar as Vendas da sua Loja Virtual. Se você ainda não viu os outros artigos, te convido a vê-los. No primeiro, falei sobre a importância da usabilidade na loja virtual para melhorar as suas vendas. Já no segundo, o assunto foi o SEO, ou seja, a Otimização para Buscadores de lojas virtuais. Os links estão abaixo para facilitar:

Parte 1: https://www.agenciasoft.com.br/blog/veja-a-sua-loja-virtual-com-os-olhos-do-cliente-e-comece-a-vender-mais/
Parte 2: https://www.agenciasoft.com.br/blog/preparando-a-sua-loja-virtual-para-se-posicionar-melhor-no-google/

Estamos muito próximos de começar as nossas campanhas de marketing online, utilizando o Google AdWords, Remarketing, Google Shopping, Facebook Ads e muito mais. Mas antes: Para quem a loja virtual será divulgada? Quanto mais afunilarmos o perfil dos clientes que visualizarão os anúncios do seu e-commerce mais potencial de venda você terá com um menor investimento.

Se você já tem um comércio físico e a loja virtual é uma extensão (ou um novo canal) de vendas, encontrar o público-alvo é mais simples do que empreendedores que ainda não possuem experiência no mercado em que estão atuando. Por isso, para estes empreendedores a pesquisa é fundamental!

Primeiramente a sua análise deve levar em conta o produto ou o conjunto de produtos (categoria geral) da sua loja virtual. Os elementos básicos que podem ser analisados, são:

  • O produto é unissex ou é mais focado no público feminino ou masculino?
  • O produto é voltado para qual faixa etária?
  • O produto é voltado para qual faixa de renda?
  • O produto tem peculiaridades regionais, como forte influência em determinadas regiões, estados ou cidades?
  • O produto é pré-formatado ou personalizado?
  • O produto “se vende” por si só, ou há necessidade de um atendimento (chat, telefone, whatsapp) para influenciar a venda?
  • O produto pode ser enviado por Correios (dentro dos limites e dimensões) ou é necessário uma transportadora?

Tendo as informações de público relacionadas aos produtos da sua loja virtual, nós passamos a procurar informações que nos ajudam a entender como estes consumidores se comportam:

  • Qual é o perfil de consumo destes clientes, ou seja, quais sites visitam?
  • Qual frequência utilizam a internet?
  • Estão mais conectados por computador ou dispositivos móveis?
  • Têm potencial para visualizar e-mails com frequência (potencial para e-mail marketing)?
  • Se atualizam por vídeos no Youtube ou preferem conteúdos em texto?
  • Sofrem a influência de consumo dos novos Influenciadores Digitais, ou seja, se o seu produto estiver sendo usado por uma celebridade ou influenciadores digitais, será fundamental para o seu público comprar o seu produto?

Pegue um caderno ou crie um arquivo no Google Drive e comece a captar estas informações e definir o seu público-alvo.

Dica para Filtrar Público-Alvo

Pronto, com as informações acima em mãos, você está pronto(a) para filtrar este público-alvo e ver se ele realmente é atrativo para o seu negócio.

Recomendo que você crie algumas campanhas no Facebook Ads (simples), com o objetivo de ganhar mais curtidas em sua Fanpage, mas tendo como objetivo principal a filtragem de público-alvo. Nestas campanhas, faça, por exemplo, com que seu anúncio apareça para pessoas que já curtem páginas relacionadas ao seu negócio, como alguma revista de referência, alguma personalidade ou algum portal de notícias. É possível até mesmo criar as campanhas para pessoas que já curtem páginas de concorrentes, por exemplo.

Separe as campanhas por perfis de pessoas, com idades diferentes, sexo, perfil regional, dentre outras informações. Deixe as campanhas ativas com um investimento não muito alto por alguns dias. Lembre-se de escolher um período de dias que não sofra influência por datas específicas (feriados, etc.) ou festas regionais, o que pode comprometer o resultado.

Com o fim das campanhas será possível filtrar o público-alvo que mais aderiu à sua página e, com isto direcionar seus novos esforços de divulgação para estas pessoas.

Obviamente que esta é uma dica simples, mas também é de fácil execução e você poderá fazê-la sem a ajuda de profissionais muito experientes.

O Público-Alvo no E-commerce

Tendo uma filtragem efetiva do seu público-alvo, você poderá criar campanhas de marketing online, como Google AdWords, Remarketing, SEO (Otimização para Buscadores) e Social Media pensadas em atingir o público mais afinado aos seus produtos. Assim há economia de dinheiro e tempo, preciosos não apenas no e-commerce, mas em qualquer tipo de negócio.

A filtragem de público-alvo pode ser simples (pensando em vender o produto diretamente para aquela pessoa) ou composta, ou seja, quando você passa a demonstrar anúncios e ofertas para determinadas pessoas com a intenção de que elas influenciem terceiros para a compra dos produtos.

Um bom exemplo disto está nas propagandas de produtos para crianças: A criança não tem a capacidade financeira (a maioria, pelo menos) de abrir a carteira e comprar aquele produto ofertado. Então, elas servem de catalisadores, influenciando os seus pais, padrinhos, tios, avós a comprar os brinquedos tão desejados.

O assunto é muito mais longo, mas acredito que seja o suficiente para o artigo de hoje. Você já tem uma lição de casa: Definir o seu público-alvo e, com um perfil em mente, fazer o teste de filtragem com a campanha do Facebook Ads.

No nosso próximo artigo (em breve), falaremos sobre qual tipo de experiência o seu e-commerce traz para os seus clientes. Falo um pouco sobre a diferenciação (como um todo) ou a eterna briga por preços e frete grátis.

 

Créditos da imagem: https://searchengineland.com